De: Maria Elisa Rodrigues Moreira

 

Literatura, biblioteca, metáfora, política, coleção, arquivo. Pontos de uma rede articulada pelos textos de Jorge Luis Borges e Italo Calvino. É esse o caminho utilizado por este livro, no qual ficção e conhecimento são tomados como movimentos narrativos que se avizinham e imbricam continuamente. A biblioteca, tomada como um emblema do espaço do “viver junto”, para retomar o pensamento de Barthes, ou como uma “utopia de proximidade”, para trazer para o diálogo a reflexão de Nicolas Bourriaud. A literatura, como produção polít?ica, ao mesmo tempo ética e estética. Um convite a caminhar pelas literaturas-bibliotecas de Borges e Calvino, que se podem ser, como diz a autora, “ancoradouros seguros”, podem também funcionar como pontos de partida para novas e aventurosas viagens.

 

A AUTORA

 

Maria Elisa Rodrigues Moreira é bacharel em Comunicação Social, mestra em Teoria da Literatura e doutora em Literatura Comparada, formação totalmente desenvolvida na Universidade Federal de Minas Gerais. Atuou como professora visitante na Universidade Federal de Mato Grosso, onde é atualmente docente do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagem.

 

Dados Técnicos 

Nº de páginas: 276 

Formato: 15,5x22,5cm 

Acabamento: Brochura 

Ano: 2019 – 2ª Edição

ISBN: 9788599361023

Coleção, arquivo, biblioteca: a literatura de Borges e Calvino

REF: 022
R$ 48,00Preço

    Tradição Planalto Produções Visuais e Editoriais

    Rua Lindolfo de Azevedo 192 sobreloja

    30421-265 - Belo Horizonte / MG

    (31) 99104-7417 - 3226-2829

    © 2019 by Ricardo S. Gonçalves - Todos os direitos reservados , sendo proibida qualquer reprodução ou divulgação, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Web, sem prévia consulta e aprovação, conforme lei LEI N.º 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. © All rights reserved

    • Black Facebook Icon
    • Black Instagram Icon
    0